A volta do mestre: Roy Lichtenstein é homenageado por diversas grifes estrangeiras

Imagem

“Masterpiece”, por Roy Lichtestein. Fonte: Académie Nice

Os anos 60 estão de volta ao mundo da moda, e mais do que isso, diversos estilistas de renome, como Tom Ford e Vivienne Westwood, encontraram inspiração na obra de Roy Lichtenstein, pintor norte-americano que é conhecido pelas suas obras de “Pop Art”.

Pop art é um movimento artístico que surgiu na década de 50, na Inglaterra, mas que apenas obteve reconhecimento na década de 60, em Nova York.

A proposta da Pop Art era basicamente procurar a estética popular, qual seria a definição de cultura pop.

O movimento foi, também, considerado um marco de passagem da modernidade para a pós-modernidade na cultura ocidental.

Roy Fox Lichtenstein (Manhattan27 de outubro de 1923 — Nova York, 29 de setembro de 1997) é um grande nome desse momento artístico. Sempre procurou apreciar as histórias em quadrinhos como forma de arte e, com suas pinturas, pretendia refletir sobre a linguagem e as formas artísticas.

Imagem

Roy Lichtestein. Fonte: Bonni Ben Rubi

Os seus quadros, desvinculados do contexto de uma história, aparecem como conceitos frios, intelectuais, símbolos dúbios do mundo moderno. O resultado é a combinação de arte comercial e abstrata.

Na moda, a inspiração veio nas estampas.

Tom Ford utilizou da icônica “Whaam!” para criar uma estampa em fundo preto quase tão chocante quanto à original.

Imagem

Inspiração na arte “Whaam!” de Roy Lichtenstein, por Tom Ford, na sua coleção Outono/Inverno do London Fashion Week. Fonte: Into the Fashion

Vivienne Westwood ousou mais ainda e baseou a maquiagem das modelos na obra “Baked Potato”, com traços fortes entre o branco e o amarelo.

Imagem

Vivienne Westwood se inspirou em “Baked Potatoes” para a maquiagem das modelos. Fonte: Dazed Digital

Já no Brasil, a Ellus 2nd Floor fez uma releitura de uma personagem enfermeira criada por Lichtestein e criou jalecos uniformes hospitalares que poderão ser usados sobre o beachwear.

Imagem

No Brasil, a Ellus 2nd Floor fez uma releitura da enfermeira “pop art” do artista, propondo que as peças fossem usadas com beachwear. Fonte: Revista Estilo

Sendo com inspirações ou releituras, nada pode dar errado com Roy Lichtestein, um gênio além de seu tempo.

Postado por Taany Maeno 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s