‘’IT GIRL’’, a história

Atualmente, o termo It Girl é utilizado para se referir as patricinhas dos anos 90. Esse conceito veio de 1927, quando foi lançado o filme ‘’It’’, estrelado por Clara Bow, no cinema mudo. A atriz viveu uma personagem que fazia o uso do sexo para obter poder e seduzia o público com atributos inexplicáveis. O filme teve um grande sucesso e fez com que Clara se tornasse a primeira It Girl.

Clara nasceu no Broklyn (NY) e teve uma infância pobre e sofrida. Nunca se identificou com as meninas de sua idade. Iniciou sua carreira, participando de concursos de revistas, até que chegou a Hollywood. A atriz era ruiva, tinha 1,61m, com um rosto de bebê, usava maquiagem forte, com os olhos bem marcados. Ela se tornou o ícone dos loucos anos 20.

O filme virou musical da Broadway e espalhou a ideia da garota ideal, aquela que tem algo a mais, que lança novos modismos de comportamento e atitude, que é descolada e está sempre na moda.

Além de Clara, temos também na década de 20 a atriz Louise Brooks. Ela foi a responsável pela popularização do corte de cabelo Bob (corte rente a nuca e com as laterais maiores, pode se usar com ou sem franja).

Imagem

Foto Louise Brooks – Louise Brooks, outra famosa It Girl da década de 20. Responsável pelo sucesso do corte Bob./ Créditos: Acervo Google Images

Louise era considerada uma mulher ousada, por expor sua nudez e por explorar a sensualidade em seus filmes.

E depois delas vieram várias outras It Girls que já vimos e vemos até hoje.

Uma It Girl tem personalidade e atitude, expressando-os através de seus looks. Por serem diferentes do convencional, chamam atenção por onde passam, lançando diariamente novas tendências.

Imagem

A It Girl do momento Cara Delevinge/ Créditos: Acervo Google Images

Na história da moda, elas criaram legiões de seguidoras, que foram aos salões e ás lojas, em busca de algo que as fizesse parecer com essas mulheres.

Independente de marca e etiquetas, essas meninas esbanjam bom gosto, com looks certeiros, que são obtidos através da ousadia de misturar peças. Não há necessidade de se ter muito dinheiro para ser uma It Girl, mas sim criatividade.

Imagem

A It Girl do momento Cara Delevinge/ Créditos: Acervo Google Images

Com tudo isso, podemos concluir que não é só de aparência que se vive uma bela mulher. Para ser considerada uma It Girl, seu comportamento, personalidade e seus valores são peças fundamentais para obter este “título”.

O segredo é manter o seu estilo e ousar sem medo. Lembrem-se, nossa forma de vestir são nossos cartões de visita, então precisamos saber nos apresentar da forma como nos sentimos. Por isso, fique atenta a todas essas garotas, extraia as informações corretas e adapte-as ao seu estilo. Dessa forma, você irá esbanjar confiança, charme e muito estilo!

Postado por Milena Mello.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s