As novas tecnologias e o futuro do cinema

Os irmãos Lumière inventaram o cinematógrafo, em 1895, sendo considerado até hoje o marco inicial para o cinema. Logo em seguida, veio o cinema mudo. George Méliès, ilusionista, foi pioneiro em alguns efeitos especiais e foi um dos primeiros a tratar do assunto alienígena, com seu filme “Le Voyage dans la Lune”ou “Viagem à Lua”, em 1902.

Cada momento da história do cinema teve algo que foi referência para a estrutura cinematográfica que conhecemos.

Entre o final da década de 60 e comecinho dos anos 70, a indústria Hollywoodiana encontrava-se em crise.

Produções como Pássaros, do mestre do suspense, Alfred Hitchcock já não faziam o sucesso que deveriam.

Foram necessárias diversas adequações por parte dos estúdios. Começaram a surgir filmes como MASH, de Robert Altman; a franquia de O Poderoso Chefão, do incomparável Francis Ford Coppola; 2001 – Uma Odisséia no Espaço, do incrível Stanley Kubrick, e vários outros projetos inovadores da geração “sexo, drogas e rock’n’roll” de diretores.

Os chamados “Blockbusters”, ou o filme de parar o quarteirão, começaram a surgir a torto e direito. Eli Wallach interpreta Arthur Abbott no filme “O Amor Não Tira Férias”, um ex-roteirista que faz uma crítica a certas mudanças dentro do mundo cinematográfico: “Eu vim para Hollywood há 60 anos, e imediatamente me apaixonei pelo cinema. E é um caso de amor que dura a vida toda. Quando cheguei a Tinseltown, não havia cineplexes ou multiplexes. Não existiam coisas como Blockbuster ou DVD. Eu estava aqui antes de conglomerados tomarem conta dos estúdios. Antes mesmo de terem equipes de efeitos especiais. E, definitivamente, antes da bilheteria de filmes ser relatada como contagens de basebol no noticiário noturno”, diz Arthur Abbott.

006THD_Eli_Wallach_012_Hot%20flick

Eli Wallach interpreta Arthur Abbott, um ex-roteirista que faz algumas críticas ao mundo cinematográfico. Fonte: Hot Flicks

Atualmente, a mais nova mania tecnológica do cinema é fazer filmes em 3D e trabalhar com a técnica “motion capture”, ou captura de imagem.

A técnica ‘motion capture’ é apontada como a responsável por uma verdadeira revolução no mundo dos efeitos especiais. Registrando movimentos e expressões faciais de atores, é possível construir personagens com essas informações.

O último filme de “Os Vingadores”, em 2002, trabalhou essa técnica no personagem Hulk, interpretado por Mark Ruffalo.

She%20movie%20geek

Mark Ruffallo, pronto para gravar cena do Hulk, no filme Os Vingadores, utilizando a técnica “motion capture”. Fonte: She Movie Geek

Agora, a opinião de dois mestres do cinema é sempre válida. George Lucas (Star Wars, Indiana Jones) e Steven Spielberg (Indiana Jones, Tubarão) deram suas versões para o futuro do cinema.

Hang%20the%20bankers

George Lucas e Steven Spielberg são amigos e parceiros de direção de longa data. Ambos possuem ideias parecidas quanto ao futuro do cinema. Fonte: Hang The Bankers

Ambos acreditam que o sistema de criação constante de blockbusters vai chegar ao fim. Spielberg, em um painel de debate na “USC School of Cinematic Arts”, em Los Angeles, fala que “não há mais espaço de criação dentro do cinema, o que significa que ser criativo pode não gerar lucro”. Por conta disso, a indústria apostaria em resultados já garantidos, como é o caso do 3D. Porém, eventualmente, o público irá se cansar disso, e os estúdios terão que passar por mudanças, como no começo.

George Lucas, em um painel de debate na “USC School of Cinematic Arts”, em Los Angeles, diz que pensa mais longe e coloca que “daqui a uns anos as salas de cinema vão funcionar como grandes salas de espetáculos”. Ele complementa falando que os ingressos seriam absurdamente caros, seguindo o padrão dos shows da Broadway. Em paralelo a isso, o diretor acredita que haverá um aumento da produção de filmes direcionados para o lar, no estilo de vídeo on-demand e plataformas digitais.

Sendo um futuro incerto ou não, o amor pela grande telona nunca irá desaparecer.

Postado por Taany Maeno.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s