Melissa, a sandália que nunca saí de moda

Quem nunca teve um par de Melissa, que atire a primeira pedra!

O que muita gente não sabe, é que a famosa sandália de plástico foi inspirada nos calçados usados por pescadores, de Riveira Francesa, na França.

A sandália Melissa surgiu em 1979, pela empresa gaúcha, Grendene, dos irmãos, Pedro e Alexandre Grendene, fundada em 1971, na cidade de Farroupilha, no Rio Grande do Sul.

 A inspiração de criação veio de uma viagem que os irmãos fizeram para a famosa Costa Azul e observaram que os pescadores do local usavam sandálias de plásticos, ideal para proteger os pés das pedras, que substituem a areia na região e não estragava com a água.

FOTO 1 – Legenda: Modelo em couro da sandália Fisheman, utilizada por pescadores de Riviera Frances. Créditos: Site Zapatoria.

FOTO 1 – Legenda: Modelo em couro da sandália Fisheman, utilizada por pescadores de Riviera Frances. Créditos: Site Zapatoria.

A empresa Grendene, inicialmente, fabricava capas de plásticos para garrafões de vinhos de 5 litros. Quando os irmãos voltaram da França, adaptaram suas máquinas e produziram o primeiro modelo Aranha que, por sinal, nunca saí de moda.

FOTO 2 – Legenda: O famoso modelo Aranha que nunca saí de linha. Créditos: Site Loja Rouparia.

FOTO 2 – Legenda: O famoso modelo Aranha que nunca saí de linha. Créditos: Site Loja Rouparia.

O sucesso foi imediato, chegando a vender nos primeiros 60 dias 200 mil pares aproximadamente e atingindo vendas de 25 milhões de unidades em um único ano.

FOTO 3 – Legenda: Com o grande crescimento da marca, em 1986, a Melissa lançou a Melissinha para o público infantil.

FOTO 3 – Legenda: Com o grande crescimento da marca, em 1986, a Melissa lançou a Melissinha para o público infantil.

A marca foi pioneira em fazer merchandising na televisão brasileira, pois as sandálias eram usadas por boa parte do elenco da novela, Dancin’Days, da rede Globo.

FOTO 4 – Legenda: Saltos finos e meias lurex eram tendências na década de 80. Créditos: Memorial Globo.

FOTO 4 – Legenda: Saltos finos e meias lurex eram tendências na década de 80. Créditos: Memorial Globo.

Em 2007, a marca Melissa recebeu destaque no jornal americano, o The Washington Post e, em 2008, recebeu meia página, na coluna da importante editora, Suzy Menkes, do jornal International Herald Tribune.

Há alguns anos, a marca começou a investir em parcerias com profissionais de várias áreas, tais como o renomado estilista brasileiro, Alexandre Herchcovitch, o estilista Karl Lagerfeld, os designers, Fernando e Humberto Campana, o famoso estilista inglês, Judy Blame, dentre outros grandes nomes do mundo da moda.

FOTO 5 – Legenda: Alguns modelos de Melissa, da coleção Inverno 2013. Créditos: Blog Oh, Fashion.

FOTO 5 – Legenda: Alguns modelos de Melissa, da coleção Inverno 2013. Créditos: Blog Oh, Fashion.

Em 30 anos de história, a Melissa passa de geração para geração e conquistou espaço no mundo inteiro, integrando o calendário das principais feiras nos mercados europeu, asiático e americano.

E foi assim que a marca Melissa se tornou a celebração e a democratização do designer com o seu trabalho inovador, utilizando como principal matéria prima o plástico, sempre buscando, lançando e recriando tendências.

Postado por Milena Melo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s