SPFW Verão 2016

Olá, pessoal!

No post de hoje falaremos sobre a 39ª edição do SPFW.

A 39ª edição do São Paulo Fashion Week celebra os 20 anos da maior semana de moda do hemisfério sul e homenageia o fazer – o fazer que constrói, inclui, inspira, educa e transforma a partir do trabalho e esforço das mais diversas pessoas em torno de objetivos comuns. “O fazer é otimista, posiciona, proporciona identidade, dignidade. Nesta edição, vamos falar das pessoas. O poder das pessoas está no fazer, nos elos que se constroem a partir destas relações. É a moda cada vez mais humanizada”, afirma Paulo Borges, diretor criativo do SPFW.

A partir da concepção de Paulo Borges, a cenografia da edição tem projeto e realização da Fresh Design. O SPFW acontece de 13 a 17 de abril, no Parque Cândido Portinari, em São Paulo. Com um calendário intenso, a temporada verão/2016 abriga exposições e ações, mais uma vez levando conteúdo de moda para toda a cidade.

Gisele Bündchen, Iggy Pop, Isabelli Fontana e Mariana Weickert são algumas das personalidades da desta edição, a qual apresentará os conceitos do Verão 2016.

Mas isso parece mero detalhe quando o assunto são as supermodelos de biquíni, a despedida de Gisele Bündchen das passarelas e a presença do roqueiro Iggy Pop. Além disso, o evento conta cada vez mais com o jeitinho carioca, já que marcas tradicionais do Rio migraram para a Terra da Garoa. Tem ainda histórias surpreendentes, como a do ex-garçom que virou modelo. Confira e acompanhe tudo até sexta-feira, 17, no EGO!

A top brasileira vai desfilar na noite de quarta-feira, 15, pela grife Colcci. Será o último desfile da modelo, que vai se aposentar das passarelas. A emoção é tanta que os pais, Valdir e Vânia, e as cinco irmãs, Raquel, Graziela, Gabriela, Rafaela e a gêmea Patrícia vão filmar tudo da primeira fila. O maridão Tom Brady não deve vir, já que vai cuidar dos filhos do casal, Benjamin e Vivian, em Boston.

SPFW Verão 2016./Créditos: site Super Moderna

SPFW Verão 2016./Créditos: site Super Moderna

Iggy Pop

Aos 67 anos de idade, o roqueiro está cotado para ser a estrela do lançamento de uma linha de óculos da Chilli Beans feita em parceria com a Swarovski. Ele deverá fazer uma performance na segunda-feira, 13.

Supermodelos de biquínis

As angels Isabelli Fontana e Laís Ribeiro estarão no casting da grife Água de Coco por Liana Thomaz, na terça-feira, 14. Quem também deve mostrar sua boa forma  é a top Raica Oliveira. Aliás, a semana promete ser quente. Teremos ainda o desfile da Triya, Salinas, Lenny Niemeyer e Adriana Degreas.

União do eixo Rio-São Paulo

Com a ausência do Fashion Rio, estilistas e grifes que fizeram fama na orla carioca precisaram pegar a ponte áerea para garantir lugar ao sol entre os compradores internacionais.

Veteranos nos desfiles

O desfile da TNG é sempre um fashion show com celebs nas passarelas. Para esta temporada, veteranos como Gianne Albertoni, Paulo Zulu, Mariana Weickert e Shirley Mallmann foram escalados para mostrar a coleção, que virá com muito jeans. Aliás, Mariana também irá criar uma linha de jeans feminino para a marca. O evento acontece na segunda-feira, 13.

Ex-garçom Jader Paz vira modelo e estreia no SPFW.

Ex-garçom estreia na passarela

O belo par de olhos azuis e e um corpo sequinho com barriga sarada fizeram com que o catarinense Jader Paz, de 21 anos, mudasse radicalmente de emprego e de vida. O rapaz deixou o antigo trabalho como garçom em um restaurante em Florianópolis para riscar as passarelas de moda Brasil afora e fará sua estreia no SPFW.

Esporte e moda

Serão apresentandos os uniformes das delegação do Brasil para as cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos Pan-americanos e Parapan-americanos, que vão acontecer em Toronto e funciona como esquenta para as Olimpíadas Rio 2016. O evento será na quinta-feira, 16.

Exposição fotográfica               

O fotógrafo Bob Wolfenson assina a exposição “Sonhando Acordado”, que traz imagens de estilistas, designers, modelos, artistas, músicos, maquiadores e stylists em clima de descontração. As fotos estimulam a amizade, a troca de ideias e sonhos que contam a história das pessoas do evento e seus bastidores.

(Fonte: FFW, G1, GNT e Cenário MT)

Até mais!

Anúncios

Lei da Cultura Viva

O lançamento da Lei Cultura Viva e da regulamentação da Política Nacional de Cultura Viva será realizado na próxima quarta-feira (8), em Brasília, com a presença do ministro da Cultura, Juca Ferreira, e de gestores estaduais e municipais de cultura, parlamentares, representantes da sociedade civil e representantes de diversas expressões artísticas e culturais do Brasil.

Os Pontos de Cultura agora têm legislação própria, a Lei Cultura Viva. São mais de 4 mil Pontos presentes em cerca de mil municípios de 26 estados brasileiros, que reúnem em suas ações cerca de 8 milhões de pessoas, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).           

Cultura Viva./Créditos: site Vermelho Org

Cultura Viva./Créditos: site Vermelho Org

Em julho de 2014, a presidenta Dilma Rousseff sancionou a Lei Cultura Viva, que transformou o então Programa Cultura Viva e sua ação estruturante mais conhecida, os Pontos de Cultura, na Política Nacional de Cultura Viva, simplificando e desburocratizando os processos de prestação de contas e o repasse de recursos para as organizações da sociedade civil.

Entre os principais beneficiários e protagonistas do Cultura Viva estão a juventude e os grupos tradicionais. A política alcança a produção cultural que vem das periferias e do interior do Brasil, passando da cultura digital aos povos indígenas. Os Pontos também se tornaram referência de política cultural fora do Brasil, tendo sido adotados em vários países da América Latina, como Argentina, Chile, Peru, Colômbia e Costa Rica.

A Lei Cultura Viva foi o resultado de um intenso processo de escuta e participação social, que envolveu os Pontos de Cultura, parlamentares, gestores estaduais e municipais, universidades e órgãos de controle. Foram propostos dois novos instrumentos de gestão da política, uma reivindicação histórica dos Pontos: a autodeclaração, por meio do Cadastro Nacional de Pontos e Pontões de Cultura, e o Termo de Compromisso Cultural (TCC).

A autodeclaração dos Pontos de Cultura vai permitir o reconhecimento, o mapeamento e a certificação de entidades e coletivos culturais que queiram se tornar Pontos de Cultura. Já o Termo de Compromisso Cultural (TCC) será um novo instrumento de parceria entre o Estado e os Pontos que receberão recursos, mais simplificado e adequado à realidade dos agentes culturais.

Serviço:
Lançamento da Lei Cultura Viva – Encontro de Redes
Data: 8 de abril
Horário: 16h30
Local: Sala Funarte Cássia Eller
Eixo Monumental, Setor de Divulgação Cultural – lote 2, Brasília

(Fonte: Imprensa MinC)

Até mais